Dom Inácio - História

 

Nasceu no Castelo da família de Loyola, na província Basca de Guipuzcoa, na Espanha, em 1491, na cidade de Azpeitia no dia 1° de junho. Quando rapaz, era um nobre que sabia cavalgar, manejar a lança e declamar.

Andava sempre armado, usava uma couraça, como militar que era. Era extremamente vaidoso, gostava de vestir-se impecavelmente, usava os cabelos longos, como era o costume da época.

Lutando em uma batalha, Inácio foi atingido por uma bala de canhão em uma de suas pernas, que quase a despedaçou. Encontrava-se muito mal e, no dia de São João, pediu para se confessar. A partir deste dia, sua saúde foi sendo restabelecida.

Durante sua convalescença ele leu vários livros sobre guerras, mas quando estes acabaram, começou a ler a Bíblia e, a partir daí sua vida mudaria: seria agora um soldado "Servo de Deus". Sua espada era o amor e o seu escudo era Jesus.

Abandonou as roupas de soldado e as trocou por roupas de mendigo. E saiu pelo mundo pregando o amor e dando o exemplo do que pregava. Fundou a Companhia de Jesus, que são os Jesuítas, mais conhecidos atualmente. Aos 65 anos, no dia 31 de julho de 1556, uma sexta-feira, a alma de Inácio volta para Deus.

 

- Nascido em 31 de maio de 1491, recebeu o nome de Íñigo López na localidade de Loiola (em castelhano Loyola).

- Presbítero e Fundador da Companhia de Jesus.

- Nascimento   31 de maio de 1491 em Azpeitia, País Basco.

- Morte 31 de julho de 1556 (65 anos) em Roma, Itália.

- Veneração por Igreja Católica.

- Comunhão Anglicana.

- Beatificação 1609 por Paulo V.

- Canonização 12 de março de 1622, Roma por Papa Gregório XV