Quem é Zeli

Aos meus 29 anos de idade conheci a Casa de Dom Inácio de Loyola, naquele momento não imaginei que 27 anos depois eu estaria no mesmo lugar e acima de tudo vendo o Médium João em sua missão de amor continuando sua obra com o mesmo amor e carinho com que me recebeu naquele dia de muito sol em Abadiânia, com um sorriso nos lábios a dizer "Minha irmã todos que vieram contigo serão atendidos".

Hoje com meus 56 anos olhando uma multidão que a cada semana adentram aos portões da Casa de Dom Inácio de Loyola em Abadiânia/GO me questiono o que faço neste lugar? A cada sorriso de passageiros e que se tornam amigos eu tenho a resposta uma missão concedida a mim por nosso ser supremo para ser o canal que liga estas pessoas que tanto precisam chegar até este Santuário Sagrado e que acolhe a todos hoje da mesma maneira singela e carinhosa como há 27 anos. Meus filhos corriam dentro das salas enquanto eu ajudava hoje com 34 e 29 anos e ambos querendo sempre que dá estar em Abadiânia me faz feliz, pois fiz ai também minha parte em mostrar o caminho da espiritualidade a eles.

Uma Missão... Naquele ano de 1991 ainda jovem iniciei minha caminhada sem ter muita certeza do que fazia lá, apenas sabia que muitos queriam e precisavam ir até lá, iniciei minha jornada inexperiente e absolutamente confusa, porem o Mestre, o sábio, o homem, o Médium, o amigo, o ser humano de uma grandiosidade, generosidade, paciência amor incondicional pela sua missão estava lá e disposto a me ajudar a me ensinar o caminho, o próximo passo a ser dado para que todos que comigo chegassem lá tivessem seus objetivos alcançados, aprendi, cresci, amei, sorri , chorei me encantei a Missão valia a pena, sim valia a pena porque meu coração precisava saciar minha cede de aprendizado e evolução para que mais e melhor estas pessoas se sentissem queridas e amadas e isso eu logo percebi que teria naquele amigo querido.

Um ser humano iluminado que com maestria, e amor me ensinaria muito, e assim foi. Ele fazia questão de me mostrar de perto como tudo acontecia e fazia questão de que eu aprendesse vendo, participando e sentindo, o tempo foi passando e eu semanalmente lá estava sempre com grupos de pessoas que buscavam algo para suas melhoras físicas e espirituais.

E sempre próxima com a curiosidade natural de uma jovem, porem aberta para o aprendizado e cada dia mais dentro daquele mundo que me encantava, quando me dei por conta já estava fazendo parte de todo aquele contexto. De repente segurava minhas mãos para incorporação, passei a estar junto com as entidades de luz na hora de atender ao povo que lá estava, segurava os instrumentos nas horas das cirurgias, um dia em um momento segurou e usou minha mão na hora de uma cirurgia, talvez para despertar minha fé, falava baixinho para mim os fatos que iam ocorrendo durante os atendimentos. Tempo, o tempo passou muito aprendi e jamais esquecerei fatos inusitados e gestos de amor do Médium, naquele tempo eram chás que faziam parte do tratamento e em um determinado dia fui-me embora com o grupo e esqueci um destes chás. A uns 70km na estrada com o grupo rumo ao RS ouvimos buzinas de carro o motorista para o ônibus era o Médium e ele diz “Minha irmã você esqueceu o remédio”, o que pensar o que dizer? apenas sentir, evoluir com o aprendizado ver ai o verdadeiro amor nas atitudes do grande homem sábio, inteligente e capaz de tamanho ato de “amor” e humildade.

Hoje quando estou na Casa de Dom Inácio vejo outras jovens ao microfone fazendo palestras, ajudando nas filas, instrumentando junto as entidades de luz, peço a Deus que tenham em seu coração o mesmo anseio e adquiram o mesmo amor que eu adquiri no decorrer destes anos.

Entendo que é na caminhada que construímos a nossa história e a minha história está ligada com a do Médium João, através de amor e carinho pelas pessoas que me procuram querendo que eu seja o canal de ligação entre aquele Templo Sagrado o Médium João Teixeira de Faria e Eu. Levo as pessoas até ele, cheias de amor e esperança, pois a felicidade destas pessoas é a minha, pois nada mais gratificante do que tu ver a felicidade e um sorriso no rosto de quem já não tinha mais esperança, e o Médium João com seu coração cheio de amor os recebe dando-lhes a certeza que a espiritualidade faz parte do nosso ser e é necessário ter merecimento e fé para atingirmos nossas buscas espirituais.

A este homem, a você amigo e mestre desejo a Luz Divina se perpetuando em teu ser, hoje e sempre terás o meu respeito, orações e amor, que sua caminhada tenha um chão e um céu de estrelas a te iluminar e que tenha sublimidade junto de tua família e viva de mãos dadas com Jesus para cumprir esta Missão de Amor incumbida a você aqui na terra.

Com carinho, respeito e amor por este irmão.